• Carro capota e atinge casal de ciclistas na Rodovia Rio-Santos, em Bertioga, SP



    Condutor do veículo havia ingerido bebida alcoólica. Vítimas tiveram ferimentos graves, mas não correm risco de morte. Carro capotou e atingiu casal de ciclistas na Rodovia Rio Santos, na manhã deste sábado Reprodução/Aconteceu em Bertioga Um carro capotou e atingiu dois ciclistas no Km 229 da Rodovia Rio-Santos, na manhã deste sábado (6). O acidente ocorreu na altura de Bertioga, na faixa sentido Oeste. No teste do bafômetro, foi constatada a presença de 0,29 mg/l de álcool no sangue do condutor, quantidade passível de autuação. A Polícia Rodoviária esclareceu que o motorista perdeu o controle do veículo, que capotou e atingiu um casal de ciclistas amadores que passava pelo local. As duas vítimas tiveram ferimentos graves e foram socorridas pela unidade de resgate do Corpo de Bombeiros. O motorista sofreu apenas alguns ferimentos leves. Chegando ao local da ocorrência, a Polícia Rodoviária realizou o teste do etilômetro no motorista. Com a quantidade verificada, o condutor foi autuado por embriaguez e liberado em seguida. Ciclistas foram encaminhados ao Pronto-Socorro de Bertioga com ferimentos graves Reprodução/Aconteceu em Bertioga Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas, que possuem aproximadamente 50 anos, foram levadas conscientes ao Pronto-Socorro de Bertioga, onde receberam atendimento e seguem em observação. A corporação esclareceu que os ciclistas tiveram diversas fraturas causadas pelo impacto da batida, mas não correm risco de morte. De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), responsável pela administração do trecho, o veículo foi removido pelo guincho da concessionária, e em 22 minutos a via foi liberada, sem causar congestionamentos. VÍDEOS: G1 em 1 Minuto Santos
  • Polícia apreende mais de 6 mil porções de drogas e captura dois durante operação



    Operação ocorreu em Guarujá e São Vicente, no litoral paulista. Ação ocorreu após investigações sobre o tráfico de drogas. Drogas foram apreendidas em duas cidades da Baixada Santista Divulgação/Polícia Civil Dois homens foram presos em flagrante por equipes da Polícia Civil, em São Vicente e Guarujá, no litoral de São Paulo, durante a manhã de sexta-feira (5). Segundo apurado pelo G1, a prisão ocorreu durante uma operação, que resultou na apreensão de mais de 6 mil porções de drogas. A ação ocorreu com equipes da 2ª Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes e do Grupo de Operações Especiais da 1ª Delegacia de Investigações Gerais de Santos, após investigação sobre o tráfico de drogas na Baixada Santista. Com mandados judiciais, os policiais seguiram para dois endereços. O primeiro é um apartamento, localizado na Avenida Sambaiatuba, no Catiapoã, em São Vicente. As autoridades entraram no imóvel, onde prenderam um homem de 26 anos e encontraram 1.314 pinos de cocaína, um saco plástico com a mesma droga, um saco com pó branco utilizado como insumo, um filete de maconha, além de uma balança e um aparelho de telefone celular. Após isso, os policiais se dirigiram para o segundo endereço, na Rua Projetada C, na Vila Aurea em Guarujá. No local, um homem de 31 anos tentou fugir pelo telhado ao perceber a chegada da equipe e acabou se machucando. Ele foi capturado e dentro do imóvel foram apreendidas 5.250 porções de cocaína, aparelhos de telefonia celular e dois rádios transmissores. VÍDEOS: G1 em 1 minuto Santos
  • Cidades do litoral de SP implantam barreiras sanitárias e educativas em fim de semana na fase vermelha



    Ações ocorrem em Santos, Guarujá e Mongaguá. Outras cidades da Baixada Santista não implantarão barreiras, mas intensificaram as fiscalizações nos municípios. Mongaguá, SP, realiza barreira de conscientização e fiscalização na divisa com Praia Grande neste sábado Divulgação/Prefeitura de Mongaguá Os municípios de Santos, Guarujá e Mongaguá, no litoral paulista, implantaram barreiras sanitárias e educativas para controlar o acesso de turistas neste fim de semana. Após as regiões da Baixada Santista e do Vale do Ribeira serem novamente classificadas na fase vermelha do Plano SP, as praias seguem liberadas, mas com algumas restrições em cada cidade. A reclassificação ocorreu na última quarta-feira (3), quando o governo anunciou que todo o Estado de São Paulo regrediria à fase vermelha do Plano SP. A medida atende a pedido do Centro de Contingência do Coronavírus e de prefeitos do estado, que, em reunião realizada na última terça-feira (2), pediram ações mais efetivas para conter o avanço da doença. A medida entrou em vigor neste sábado (6) e deve permanecer até 19 de março. Em Santos, a barreira sanitária está ocorrendo neste sábado (6) e acontecerá também no domingo (7), das 3h às 11h, no bairro Saboó e na divisa do município com São Vicente. Santos, SP, realiza barreiras sanitárias na entrada da cidade e na divisa com São Vicente, SP Divulgação/Prefeitura de Santos Guarujá implantou barreira educativa na entrada do município, pela Rodovia Cônego Domênico Rangoni, desde a última sexta-feira (5), e seguirá no local até domingo (7), das 7h às 19h. A cidade de Mongaguá esclareceu que neste fim de semana, nos dias 6 e 7, serão realizadas barreiras de conscientização e fiscalização na Estrada da Fazenda, na divisa com Praia Grande, e nas feiras livres, com início às 8h, e previsão de término no período da tarde, dependendo da demanda de veículos. Os municípios de Itanhaém, São Vicente, Bertioga, Praia Grande e Peruíbe não realizam barreiras, contudo, seguirão realizando fiscalizações nos municípios durante a fase mais restritiva, visando conter os avanços da Covid-19 na região. VÍDEOS: G1 em 1 Minuto Santos
  • Carga com mais de 400 toneladas de amianto é apreendida no Porto de Santos; substância é proibida no Brasil



    Substância é considerada uma fibra cancerígena pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e proibida no estado de São Paulo para uso e transporte. Carga foi apreendida pela Vigilância Sanitária de Santos, após solicitação do Ministério Público do Trabalho. Divulgação/Ministério Público do Trabalho A Vigilância Sanitária apreendeu uma carga de 459 toneladas de amianto, no Porto de Santos, no litoral paulista, na tarde da última sexta-feira (5). A fibra considerada cancerígena pela Organização Mundial de Saúde (OMS). De acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT), o transporte e a comercialização da fibra desrespeitam uma lei estadual de proibição das fibras cancerígenas. Segundo o MPT, a carga havia sido transportada de Minaçu (GO), local de sua extração, para a área portuária, onde seria exportada para países da Ásia. A Sama Minerações Associadas, do grupo Eternit, empresa responsável pela mina em Goiás, contratou a empresa Rodojúnior Transportes e Logística Ltda. para fazer o transporte do material. A instituição estava acompanhando o caso após uma denúncia encaminhada pela Associação Brasileira de Expostos ao Amianto (ABREA). Desta forma, foi solicitada fiscalização por parte Vigilância Sanitária de Santos, a fim de comprovar o descumprimento da lei estadual nº 12.684, sancionada em 2007. Conforme determina a legislação, o uso da fibra mineral, em sentido amplo, no estado de São Paulo, é proibido. O MPT, que mantém o Programa Nacional de Banimento do Amianto, é o responsável por investigar as relações de trabalho e os riscos à saúde decorrentes da exposição de trabalhadores ao amianto. O terminal portuário Dalastra, onde a carga foi apreendida, foi alvo de ação civil pública proposta pelo Ministério, para que não realizasse qualquer atividade de movimentação de amianto crisotila, bem como adotasse as providências para remover de forma final e definitiva todo a substância recebida da empresa SAMA S.A., observando os parâmetros fixados pela legislação ambiental. Conforme explica o MPT, em novembro de 2017, o Supremo Tribunal Federal (STF) referendou a lei paulista, estendendo a proibição relativa ao uso produtivo e transporte do amianto para todo o território nacional. O G1 entrou em contato com a empresa Dalastra, que afirmou que não vai se posicionar sobre o caso. VÍDEOS: G1 em 1 Minuto Santos
  • PAT de São Vicente oferece 33 vagas de emprego



    Atendimentos funcionam com agendamento, nas unidades da Área Insular e Continental. Vagas são oferecidas para 14 cargos diferentes. Carteira de trabalho, Goiás Divulgação/Prefeitura de Aparecida de Goiânia O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de São Vicente está com 33 oportunidades de emprego para 14 cargos diferentes. Entre as funções estão as de auxiliar de linha de produção, motorista carreteiro, mecânico de manutenção de máquinas, pintor de automóveis e montador de automóveis. Os interessados devem agendar atendimento pelos (13) 3468-1636 ou (13) 3576-0836. Após isso, o atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, em uma das unidades do PAT (Avenida Presidente Wilson, 1126, no Itararé, ou na Avenida Ulisses Guimarães, 211, no Jardim Rio Branco). É necessário que o candidato compareça para atendimento com o RG, CPF, carteira de trabalho e comprovante de residência. As vagas disponíveis também podem ser conferidas pelo aplicativo Sine Fácil (disponível para celulares com sistema Android) ou por meio de cadastro pelo Portal do Ministério do Trabalho – Emprega Brasil. Confira as vagas disponíveis: Auxiliar de linha de produção (1 vaga) - Ensino Fundamental completo; experiência na carteira de trabalho; residir em São Vicente (Área Continental) ou Praia Grande. Motorista carreteiro (10 vagas) - Ensino Fundamental completo; experiência na carteira de trabalho; residir em São Vicente, Santos, Cubatão, Praia Grande ou Guarujá. Carreteiro - motorista de caminhão-carreta / motorista bitrem (10 vagas) - Ensino Fundamental completo; experiência na carteira de trabalho; residir em São Vicente, Santos, Cubatão, Praia Grande ou Guarujá. Mecânico de manutenção de máquinas, em geral (1 vaga) - Ensino Fundamental completo; experiência na carteira de trabalho; residir em São Vicente, Santos, Cubatão, Praia Grande ou Guarujá. Técnico em manutenção de equipamentos de informática (1 vaga) - Ensino Técnico/Superior completo ou cursando; experiência na carteira de trabalho; residir em São Vicente ou Santos. Pintor de automóveis (1 vaga) - Ensino Fundamental completo; experiência na carteira de trabalho; residir em São Vicente Santos, Cubatão, Praia Grande ou Guarujá. Montador de automóveis (1 vaga) - Ensino Fundamental completo; experiência na carteira de trabalho; residir em São Vicente, Santos, Cubatão, Praia Grande ou Guarujá. Funileiro de automóveis (1 vaga) - Ensino Fundamental completo; experiência na carteira de trabalho; residir em São Vicente, Santos, Cubatão, Praia Grande ou Guarujá. Cortador de roupas (1 vaga) - Ensino Fundamental completo; experiência na carteira de trabalho; residir em São Vicente, Santos, Cubatão ou Praia Grande. Desenhista industrial gráfico - designer gráfico (1 vaga) - Ensino Médio completo; experiência na carteira de trabalho; residir em São Vicente, Cubatão ou Praia Grande. Pizzaiolo (1 vaga) - Ensino Fundamental completo; experiência na carteira de trabalho; residir em São Vicente, Santos, Cubatão, Praia Grande ou Guarujá. Operador de máquinas fixas, em geral (1 vaga) - Ensino Fundamental completo; experiência na carteira de trabalho; residir em São Vicente (Área Continental) ou Praia Grande. Empregado doméstico diarista (2 vagas) - Ensino Fundamental completo; experiência na carteira de trabalho; residir em São Vicente ou Santos. Mecânico de motocicletas (1 vaga) - Ensino Fundamental completo; experiência na carteira de trabalho; residir em São Vicente, Santos ou Praia Grande. VÍDEOS: G1 em 1 minuto Santos